terça-feira, 25 de maio de 2010

Autobiografia



Não me conheces, bem sei, e provavelmente nunca me irás conhecer…
Sou eu sombra branca ou vulto negro…sou eu ser pequeno e repleto…vim aqui parar nem sei porquê!
Sou miúda graúda que passeia de cabelo e olho preto.
Detentora de um ócio que me ocupa…tanta coisa faço ao mesmo tempo.
Estranheza absurda…sou normal para uns.. louca para tantos.
De todo lado e de lado nenhum …nem sei bem de onde venho.
Mas vou parar de me apresentar…pois que direito tens tu para me tratares por tu!
Vou falar apenas de como estou ou do que sou..
Se conseguir… cuspir!
Guardo uma musica no ouvido…com ela danço em qualquer momento…seja ela triste ou de  alegria…mas com ela desenho o contorno de como me encontro.
Sonho em rasgar o peito de tão atordoada que estou com a divisão permanente e insistente destes “ estados” que me ocupam …mas se o meu rosto insiste em sorrir ,as lágrimas teimam em deslizar.
Estou parada caminhando…nada faço, escrevo!
Esbofeteada pelo vento reclamo…desordeno! Invadem-me quando menos espero …a vida é como ela é…terei um dia de aprender!
E eu, ser pequeno, contemplo a sua magia… achando por vezes que sou dona da razão. Teimosa..defino!
Amaldiçoado seja este xtado despirito que em nada ajuda, raio de mente humana em constante movimento!
Da noite nasceu o dia e com ela espero o meu descanso…sim é na noite que a minha mente ganha forma..é na noite que me baralho! Mas volto ao dia e lá … volto a vestir  uma roupa serena ornamentada de acessórios fúteis que dão a mão a palavras educadas.
Na verdade sou bem mais que isso!
Sou simplesmente simples....dona de perfeita imperfeição .
Sou? Mas o quê? Alguém ou ninguém…sou o que ninguém quer ser!
Tenho cor e forma…invento palavras…e canto temas que nem existem …
Desvaneço em estupidez...
Mas vês ...
foi neste ostentar de absurdez que te prendi aqui mais uma vez!




3 comentários:

Caroteno disse...

As palavras que te anunciam serão sempre as palavras que te denunciam... As palavras que te definem serão ainda as palavras que te expõem...

Somos mais do que o que as palavras podem contar... somos mais do que o que elas podem descrever... pequenos e grande nunca caberemos num simples texto...

Gostei do bocadinho passado a ler a tua autobiografia... talvez sem te aperceberes dizes mais de ti do que talvez possas imaginar...

**

Anónimo disse...

pois é miúda...tal é mto relativo!
por vezes é-se mais do q as palavras podem contar, e por vezes é-se bem menos...
depende da duração no tempo, q a pessoa consegue dar a essas palavras!
e depende tb do objectivo com q são usadas essas palavras!..
e mais do q isso ainda, da duração durante a qual, depois desse tempo passado, continua a "ser-se" e a "manter-se", ou seja: a "encarnar" o próprio conceito dessas mesmas palavras!.. já q elas foram ditas (se é q foram!)com total, fiel e sincero conhecimento do q são e do q definem..
no mundo existem peritos em td!assim tb existem com as palavras. Logo quem o for, tanto o pode usar para se expor, como para se esconder...
por boas ou por más razões!
com boas ou com más intenções!
Portanto, na realidade, td depende do domínio q se tem, ñ só sobre as palavras, mas tb sobre si...
entre outras coisas, já "lapidadas" ou ñ, dentro de si..e perante as situações, as pessoas, as coisas e o mundo...

Em suma, já dizia um filósofo qlqr:
mais do q plas palavras, as acções é q definem alguém.
E sim, é bem assim, pq na verdade, as acções são o q realmente fica!!

Mas bem, o mais importante aqui, é eu dizer-te q continuo a gostar do q escreves, e q te consigo reconhecer (apesar de tdas as encruzilhadas(desvios?) com q optas salpicar os teus textos)q te consigo compreender. Nunca foi necessário, ou preciso(?)dizeres-mo, mas sei e sempre consegui "ver" (sem me denunciar, e sem te denunciar) q travas a luta q travas dentro de ti...
E q entendo tb, q de certa forma penses q ñ é qlqr pessoa q consegue entender as mtas dualidades "numa só pessoa" e as lutas com q ela se debate devido a isso..pq é mmo verdade...
ñ é qlqr um...
mmo qdo dizem q sim, mtas vezes é ainda não!
(xiii! td isto dava agora pano para mangas!!! é melhor parar agora!)

Bjoca, para ti, para o teu grande e para a tua pequena!

Isabel Serrano disse...

ó minha linda gostei de te "ver" por aki...há tanto k não falamos...

tenho saudade de te seguir...pk paraste?

a ver se combinamos aí kualker coisa...ou já encontraste rumo?

beijokita para ti... :)*